Notícias

Movimento Negro do PDT-DF elege nova diretoria executiva

Membros da diretoria executiva do PDT do Distrito Federal, dos movimentos de base da legenda e da comunidade local participaram do II Congresso do Movimento Negro do PDT-DF, realizado na manhã do último sábado (27). No evento, prestigiado pelo presidente nacional do Movimento Negro do PDT, Ivaldo Paixão, foi aprovado o e eleita a nova composição da diretoria regional do Movimento.

Na ocasião, que teve manifestações artísticas de organizações culturais da capital, o novo presidente eleito do Movimento Negro do PDT-DF, José Vieira, se disse entusiasmado para realizar o trabalho que assume, o qual, segundo ele, trata-se de “um compromisso com a sociedade”.

“É uma missão importante a de resgatar o tema da igualdade racial na Capital do País, sobretudo dentro do partido. E essa ação deve ser reforçada sistematicamente por meio de fóruns e debates”, acrescentou.

Ivaldo Paixão parabenizou a todos pela iniciativa de reorganização do Movimento no DF e propôs a realização de trabalhos direcionados para as problemáticas relacionadas à saúde do homem negro e à violência contra os jovens negros.

No decorrer do evento, o saudoso pedetista Abdias Nascimento – primeiro senador negro do Brasil e um dos principais nomes no combate ao racismo – foi lembrado, assim como o fato de que Brizola, seu “padrinho”, foi o primeiro líder partidário a colocar a questão racial como causa programática do PDT, integrando-a ao estatuto da legenda.

Outro destaque desse segundo Congresso foi a presença de Andreazza de Lima, sobrinha da falecida Edialeda Salgado do Nascimento, ex-secretária nacional do Movimento Negro Pedetista e primeira mulher negra a assumir uma Secretária de Estado no Brasil.

Para o presidente da Juventude Socialista do DF, Léo Bijos, também presente no Congresso, é fundamental que os movimentos de base do partido realizem uma gestão integrada. “Especificamente em relação ao movimento negro do PDT, essa integração será essencial para se trabalhar a questão da igualdade racial com a excelência que o tema requer”, destacou Bijos.

Ao manifestar o apoio da executiva distrital do partido na reestruturação do Movimento Negro local, o tesoureiro Miguel Nabuco fomentou a discussão acerca da importância do fortalecimento do PDT na Capital e reafirmou o compromisso do partido com a população do DF.

“Vamos fazer um pacto por um Distrito Federal melhor, buscando soluções criativas para os possíveis problemas do cotidiano e assumindo os compromissos com as causas sociais e com a dívida histórica que temos com os negros do País”, afirmou.

A secretária geral do PDT-DF, Eroídes Lessa, também ressaltou a importância da reorganização do Movimento Negro e, em sua fala, pontuou o legado, a história e o compromisso da legenda com a sociedade.

“O partido não se abate. Vamos à luta, em busca das transformações sociais e das revoluções educacional e trabalhista que o País precisa, para dar mais dignidade ao povo”, asseverou.

Botão Voltar ao topo